About Gisele Magretti

This author has not yet filled in any details.
So far Gisele Magretti has created 205 blog entries.
103, 2016

Como suportar o frio – roupas underware

By |March 1st, 2016|Meu pqno Universo, Moda|0 Comments

Como prometi, resolvi compartilhar com vocês algumas dicas práticas no que diz respeito a se vestir em dias de muito frio. Como já contei no post anterior, se vestir neste período do inverno não necessariamente significa vestir milhões de camadas de roupas, mas sim as peças certas pra que vocês se sintam confortáveis e, mais importante, quentinhos.

Roupas underware

Vamos começar falando de peças que são essenciais em temperaturas baixas: as roupas underware. Escolher bem essas peças é fundamental pois elas servirão como isolante térmico e ajudarão você a se manter quentinho o dia todo.

Existem vários tipos de roupas com diferentes materiais e texturas, diferentes modelagens e que são feitas para objetivos diferentes também.  Vamos ver algumas dessas opções:

Segunda Pele (fio Transparente)

Este tipo de peça é feito normalmente de microfibra e são em geral bem finas e transparentes. São feitas exclusivamente para mulheres. Elas tem a textura de meia calça. São super confortáveis e não limitam os movimentos. São ideais para você que gosta de blusas de lã bem finas e com fibras fechadas, pois elas não marcam nada e não adicionam volume à roupa. Recomendo este tipo de blusa para um frio ameno.

blusa-manga-longa-segunda-pele-po-de-arroz_48334_301_1 blusa-segunda-pele-preta-gola-alta_47527_600_1

 

 

 

 

 

 

Para as mais ousadas e fashionistas, também é possível usar este tipo de blusa para compor um look com uma sobreposição ou com uma regata por dentro. Fica super moderno!

segunda-pele-marina-insensato-coracao.jpg

blusa-segunda-pele-4

amoracampana

Segunda pele (frio grosso)

Essas blusas têm a mesma textura de meia calça, porém mais grossa. São também bem flexíveis e não adicionam volume. Tem ótima aderência ao corpo. Recomendadas para um frio mais intenso.

segunda-pele-lisa-grossa-trifil-branco_116813_301_1 segunda-pele-lisa-grossa-trifil-marrom_135284_301_1

 

 

 

 

 

 

 

Essas blusas segunda pele também são fáceis de usar no dia a dia como uma blusa comum.

497988-A-blusa-segunda-pele-é-uma-maneira-de-se-manter-quetinha-e-elegante.

Revestidas de Moletom

Existe também no mercado uma opção super quentinha e confortável que tem um revestimento de material felpudo, como moletom. Além de confortáveis são muito quentinhas.

a5a5c69ba9615a963ffc80d6e9eb57eb.jpg@1024w_1024h

New-2014-Autumn-Winter-Women-s-Thermal-Underwear-Women-Thickening-Plus-Velvet-Set-Body-Shaping-Warm

 

 

 

 

 

 

 

 

Vale lembrar que existe também as versões masculinas.

HTB1tR.bKVXXXXbbXXXXq6xXFXXXb

Men-Soft-Add-Merino-Wool-font-b-Thermal-b-font-font-b-Underwear-b-font-Men

 

 

 

 

 

 

 

Blusas e calças térmicas

Essas blusas são, em sua maioria, usadas por pessoas que gostam de praticar esporte ao ar livre. São feitas com um forro polar que servem pra proteger de temperaturas baixas e permitem a transpiração e agilidade de movimentos. Muito usada também por praticantes de esportes na neve ou por jogadores de futebol que jogam em baixas temperaturas.

blusa-termica-esportiva-waterblock-unisex-sadae

Peças feitas de lã são por si só já apropriadas para o inverno. Por serem quentinhas e gostosas ao toque são super indicadas para proteção do frio. Para quem tem alergia ou hipersensibilidade a esse material, recomenda-se usar primeiro uma peça de algodão ou microfibra e por cima uma peça de lã.

Autumn-Winter-Boy-Gilr-Warm-Underwear-Pants-Kids-Wool-Ribbed-Thick-High-elastic-Thermal-Long-JohnsAlgodão

É o mais recomendado para pessoas alérgicas. São de fácil transpiração, porém, sempre recomendo, para quem vai se expor por muitas horas ao frio, usar uma peça de lã por cima da de algodão.

women-and-men-thermal-underwear-medium-thick

O mercado está cheio de ótimas opções para vocês que está procurando a peça ideal pra sobreviver à estação mais fria do ano. Basta procurar a roupa underware que mais se adapta à sua necessidade. Tenho certeza de que o inverno vai deixar de ser um pesadelo pra você!

2402, 2016

Como suportar a friaca – Minha história

By |February 24th, 2016|Meu pqno Universo|10 Comments

Gente, hoje de manhã fiz vários videos no snapchat falando sobre o clima aqui na Holanda e causaram muita polêmica e opiniões adversas.

Tudo começou porque eu disse que não faz mais frio na Holanda. Gente, é claro que no inverno faz frio, mas não mais como fazia a anos atras. O clima global está bem diferente! Em alguns lugares, que antes tinha temperaturas muito amenas, agora tem temperaturas insuportavelmente quentes. Já outros lugares que antes eram muito frios, como a Holanda, hoje não tem mais invernos tão rigorosos.

Me lembro que quando cheguei na Holanda, ha 6 anos atrás, nevava até as canelas, e as temperaturas chegavam a -12*C. Hoje em dia, pra gente ver neve, temos que viajar pra fora do país.

De qualquer forma, há muita curiosidade em relação ao tema “frio”. Se você mora em uma região que não faz frio, pensar no frio chega a ser assustador. Mas se você nunca viajou no inverno pra fora do Brasil para realmente sentir o que é clima de inverno, relaxe! Vou explicar pra vocês depois alguns truques que vão lhe ajudar a suportar as temperaturas frias sem “neuras”. Mas primeiro vou contar um pouco sobre a minha relação com o frio.

A minha relação com o frio (A história)

IMG_5777

Olha, eu já passei muito frio nessa vida. Quando mudei de Fortaleza pra Curitiba, fui de um extremo a outro. Eu morava na praia e o máximo de frio que eu já tinha sentido na vida até então, tinha sido nas férias pra Santa Catarina, durante o outono com temperaturas média de 15*C. Porém, com a transferência da minha mãe pra Curitiba, caí literalmente de cabeça no gelo. Chegamos em pleno outono e de repente as temperaturas começaram a despencar, de 10*C, 5*C, 0, -1, -2,…… Oi? Foi o maior choque térmico! Ohhh cidade fria! Não é a toa que Curitiba é a capital mais fria do Brasil!

Mas depois de anos vivendo na friaca de Curitiba, caí de cabeça na friaca europeia. Porém, com muitas, muitas diferenças. Passar frio na Europa é completamente diferente. Aqui todos os lugares são aquecidos, ou seja, as casas, as lojas, restaurantes, incluindo os carros, transportes públicos, etc. O único lugar que você sente frio é na rua. Por isso eu afirmo, prezado e querido “leitor perseguidor” rsrsrsrrs, não há porque ter medo do frio aqui na Europa ou em qualquer outro lugar onde realmente tem inverno. Você com certeza sentirá bem mais frio em Curitiba do que no inverno em qualquer outro lugar do mundo!

Traumas 

Pra começar, em Curitiba as casas não são aquecidas. Você morre mais de frio em casa do que na rua. Curitibano só tem aquecedor em casa quando tem fogão à lenha. Daí é bom demais! Basta um fogão desses pra aquecer a casa toda. Sem falar das comidinhas gostosas que são feitas nele. Mas infelizmente este não era o meu caso. Não tinhamos fogão à lenha.

08-2

Meu sonho um fogão à lenha desses ou uma lareira!

Pra tomar banho era aquele sofrimento. Tinha que esquentar o banheiro com chama de álcool. O maior perigo na face da terra. Aprendi com os próprios curitibanos. Bando de sofredor! Depois resolvi comprar um aquecedor elétrico portátil e eu levava pra todo lugar da casa que eu ia. Minha salvação! Mas a conta de energia também ia lá nas alturas.

20111207203444

Pra dormir, era outra novela. Eu esquentava água e enchia uma garrafa de alcool e colocava embaixo das minhas cobertas. Depois descobri que aquelas bolsas de água térmica eram bem mais práticas e mantinha a temperatura quentinha por mais tempo. Era uma benção! Depois comecei a levar essa bolsa térmica na bolsa comigo pra todos os lugares. Pelo menos ela me esquentava pra onde eu ia. Preciso contar também que os próprios curitibanos sofrem muito com o frio. Descobri depois que as crianças dormem com o próprio uniforme da escola pra não passar frio na manhã seguinte. Pequenos sofredores! Mas os adultos não ficam atras. Vivem reclamando do frio e dizem inverno após inverno: “Esse ano vai nevar!”

dornospes (2)

Me vestir pra sair era também aquela tortura. Primeiro porque a gente demorava uma eternidade pra se fantasiar de cebola, vestindo camadas e mais camadas de roupas. Era tanta roupa, que eu nem conseguia mover os braços. Parecia um boneco de posto de gasolina. Mas com o tempo fui me acostumando e descobrindo o melhor modo de lidar com o frio.

2zfjtj6

Descobertas

Primeiro descobri que curitibano reclama do frio, mas não sabem viver longe dessa geladeira que é Curitiba.

Descobri que apesar das chuvas insistentes, do clima frio e das pessoas também frias (pelo menos no primeiro contato), amo essa cidade e amo muito os amigos que fiz lá.

Mas falando da parte prática, descobri também que não necessariamente você precisa vestir muitas camadas de roupas pra ficar quentinho. O que precisa é vestir as peças certas. O segredo é usar uma boa peça térmica por dentro ou de lã. Elas isolam o frio e mantém a temperatura do corpo sempre quentinha. Quanto mais fina a peça, mais mobilidade você terá. Depois basta colocar uma blusa de lã por cima e um bom casaco e “voilà”! Frio saia de mim!

Hoje eu estou completamente adaptada à temperaturas mais baixas e não sofro com o frio. Por isso vou compartilhar com vocês algumas dicas e explicar um pouco mais sobre essas peças térmicas que são sensacionais pra isolar o frio, que eu falei e mostrei hoje no snapchat. Amanhã vou postar. Aguardem!

1802, 2016

Paris – Tour em 3 dias

By |February 18th, 2016|Turismo|0 Comments

Oi pessoal, quero muito dividir com vocês minhas experiências em Paris. Para os que me acompanham nas redes sociais sabem que na semana passada fizemos um pequeno tour de 3 dias que por sinal, foi super proveitoso. Fizemos uma rota bem diferente e alternativa, incluindo compras, visitas aos pontos turísticos principais de Paris, bem como visitas a bairros menos populares mas super charmosos.

Primeiro dia

No primeiro dia, visitamos a região de Montmartre. Começamos pelo mais famoso e tradicional cabaré Molin Rouge que é até hoje um imponente ambiente boêmio que oferece espetáculos de shows e retratam a Belle Époque.

IMG_5164
IMG_5167

Em seguida tomamos uma sopinha pra esquentar e esperar a insistente chuva passar. Fomos ao Café des Deux Moulins, conhecido popularmente como Café da Amelie Poulain, visto que este também foi cenário do filme.

amelie-poulin

cafe-amelie

Aproveitamos para passear na região de Montmartre, ver o Sacre Coeur (A basílica do Sagrado Coração) e fazer comprinhas pelas lojinhas situadas na zona de Pigalle no Boulevard ao pé do Montmartre. Lembrando que lá nesta região é o melhor lugar e mais barato para comprar souvenir.

dsc01459

De lá fomos visitar a Academia Nacional de Música, conhecida também como Ópera Nacional de Paris. A arquitetura é espetacular! Agora com o inverno chuvoso, infelizmente não foi possível entrar nem desfrutar de  apresentações gratuitas feitas por artistas logo na entrada. Mas durante a primavera e verão você terá mais chances de aproveitar o lugar e os artistas locais por lá.

IMG_5172

Seguimos nosso passeio em direção a Galeries Lafayette do boulevard Haussmann. Este é um importante centro de compras onde é possível encontrar artigos para toda a família, artigos para casa, perfumaria e cosméticos, joalherias, bem como todas as grandes grifes com seus artigos de luxo. Para quem quiser, também é possível encontrar boas cafeterias, lanchonetes e restaurantes. A galeria é um luxo só. Belíssima!

IMG_5178

Depois demos uma voltinha pela Place Vendôme e de lá seguimos para o Palais Royal. Apesar da chuva, aproveitamos muito o jardim, os monumentos externos, e também as lojinhas.

IMG_5225

Depois fomos direto para o pátio do Museu do Louvre. A vista ao anoitecer é imperdível, pois a arquitetura e a pirâmide recebem uma iluminação que deixam o ambiente ainda mais charmoso. Durante o verão é ótimo passear por lá.

IMG_5269

Para jantar, fomos até o bairro Quatir Latin no Ristorante del Arte, do qual recebi boas indicações. É um restaurante italiano que oferece todos os tipos de massa e com ótimos preços que variam entre €10 a 17.

Segundo dia

Tiramos a manhã pra fazer compras. Afinal de contas, não poderíamos perder as liquidações de inverno. Lembrando que aqui na Europa toda, as promoções de inverno começam em janeiro e vão até fevereiro. Se sua intenção for comprar artigos de inverno, este é o melhor período para fazer compras. 

Em seguida, fomos caminhar no bairro chamado Quartier Latin. Este bairro é chamado de latino por causa dos universitários que vinham de diferentes lugares do mundo estudar na universidade Paris-Sorbonne, que fica no bairro. E como a maioria dos idiomas falados ali eram de origem latina, deram o nome do bairro de Quartier Latin. O bairro é uma gracinha, cheio de feirinhas pelas calçadas. Existem muitas livrarias e sebos que vendem livros e revistas usados, cinemas, casas de jazz, bem como bares e restaurantes. É conhecido como o bairro dos intelectuais. Lá também tem lojinhas bem legais com artigos bem alternativos e únicos. Andando ainda pelo bairro, você encontrará também o imponente edifício do Pantheón. Vale muito a pena conhecer!

IMG_5314

De lá fomos direto para o Jardin du Luxemburg. É um parque gigantesco no meio da cidade. Existem fontes, obras de artes, esculturas e prédios lindíssimos espalhados pelo parque. É uma super dica para quem quer relaxar ou curtir um passeio romântico. Nós fomos durante o pôr-do-sol e foi lindíssimo!

IMG_5339

Em seguida escolhemos o bairro Le Marais como nosso último destino do dia. O bairro é super vibrante, cheio de pessoas. Lá você encontrará todo tipo de opções gastronômicas. Há vários restaurantes, bares, cafés, confeitarias e bistrôs. As lojas estavam todas abertas em pleno domingo à noite. Uma tentação para os loucos por lojinhas e compras como eu! Este bairro também é conhecido por ter as melhores lojas de artigos vintage de Paris.

IMG_5390

IMG_5388

Jantamos no restaurante e bar La Favorita. Super recomendo o Tartare de Boeuf de lá. Maravilhoso!

IMG_5400

Terceiro dia

No último dia fizemos uma rota tradicional pelos pontos turísticos mais conhecidos. E na minha opinião, essa é a rota mais certeira pra você que quer ver o máximo de coisas possíveis em pouco tempo. Por esta rota você poderá visitar alguns dos pontos turísticos mais desejados da cidade.

Siga minha rota: Comece a rota no Arc de Triomphe, depois vá em direção a Torre Eiffel. Minha dica para quem quer tirar as melhores fotos da Torre ou ter uma visão privilegiada é atravessar o Rio Sena pela pont d’lena e ir para a praça Trocadéro. De lá, siga para o Les Invalides e atravesse a ponte Alexandre III em direção ao Petit e Grand Palais, cenário dos grandes desfiles da Chanel na semana de moda. Continue caminhando em frente até à Champs Elysee, em direção ao obelisco na Place de la Concorde. Atravessando, você chegará no Jardin des Tuileries. Ótimo cenário para descansar e tirar lindas fotos. Durante a semana de moda, esse jardim vira um fervo, cheia de fashionistas e fotógrafos. Caminhando pelo Jardin des Tuileries você chegará ao Museu de Louvre.

E assim encerramos nossa viagem a Paris. Foi super corrido, porém vimos muitas coisas, caminhamos bastante, ficamos super cansados, mas como sempre, Paris é maravilhosa! Vale a pena conhecer, ou se já conhece, vale muito voltar.

Fizemos todos estes tours a pé, mas se preferir, poderá adquirir o bilhete do metrô para o dia todo e poupar mais tempo indo de um lugar para outro. O bilhete do metrô para o dia custa €7,00.

Não deixe de desfrutar do charme da cidade. Pare, tome um bom café nas charmosas cafeterias da cidade, sente nos parques, leia um livro, tome um sorvete no Jardin de Tuileries, ou uma champagne embaixo da Torre Eiffel. Paris é uma cidade muito legal para curtir esse momentos.

IMG_5493

Espero que tenham gostado das dicas!

Bisou!

2901, 2016

Entradinhas – Mini Omeletes

By |January 29th, 2016|Culinária|0 Comments

Oba! Sexta-feira chegando e a gente aqui super animado pra compartilhar com vocês uma dica bem legal de entradinhas. Que tal aprender a fazer mini omeletes para impressionar as suas visitas?

Nossa sugestão é usar a criatividade para que você mesmo possa criar sua própria receita. A base da receita é a mesma, mas o recheio varia de acordo com o seu gosto pessoal. Fica delicioso! Vamos a receita?

Mini-fritta-s-als-hapje-bij-de-borrel-Klop-7-eieren-en-2-eetlepels.1405064891-van-marga.nijhuis.3

Preparo

Bata 7 ovos inteiros com 2 colheres de sopa de leite até ficar numa consistência aerada. Pode temperar com sal e pimenta do reino.

Utilize uma forma de cupcake para montar seus omeletes. Unte a forma com manteiga, depois coloque o recheio de sua preferência. Por último é só despejar os ovos batidos e colocar no forno a 180 graus durante 15 a 20 minutos, ou até o ovo ficar numa coloração marrom dourada e crocante. Espere esfriar para desenformar.

 

Sugestão de recheio:

tomates picados em cubo

bacon

cebolinha, salsinha ou coentro

queijo mussarela de búfalo

queijo mussarela ralado

ervilha

milho

pimentão vermelho

champignons

2309, 2015

Resumo do desfile de Zac Posen

By |September 23rd, 2015|Moda|0 Comments

Como falei pra vocês no post anterior, o desfile do Zac Posen foi lindo e por isso gostaria de compartilhar com vocês um pouco dessa experiência no NYFW.

cenário

Começando pelo local escolhido para o desfile: a Grand Central Terminal. Localizado bem no coração da cidade de Nova York, é o ponto de partida e chegada de várias pessoas todos os dias. Este foi o cenário do desfile da coleção primavera/ verão do estilista Zac Posen.

IMG_1432_Fotor

O lugar é simplesmente impressionante com lustres enormes e super imponentes. Não tenho dúvida que todo o charme do cenário ficou por conta da meia luz desses delicados lustres.

IMG_1402

aptopix_fashion_zac_posen_spring_2016_39976237

Na platéia

Como todo desfile, a fila A estava cheia de convidados “vips” como a Jennifer Hudson, Christina Hendricks, Bella Thorne e a Amy Schumer. Todas estavam com os olhos bem atentos a tudo e foram super simpáticas com os fotografos, blogueiros e curiosos presentes.

Bella+Thorne+Zac+Posen+Front+Row+Spring+2016+5HxdZoZzbXkl

Bella+Thorne+Zac+Posen+Front+Row+Spring+2016+KaFaq0pU481l

Zac Posen show, Spring Summer 2016, New York Fashion Week, America - 14 Sep 2015

A Coleção

Zac Posen apresentou uma coleção primavera/ verão com alfaitaria limpa, reta e com cores bem sóbrias, onde o preto e o branco prevaleciam. As peças eram bem femininas e os comprimentos variavam entre midi e longo. Detalhes de renda e cetim duchese deixaram a coleção sofisticada mas com muita leveza, contribuindo com o aspecto primaveril da coleção.

zacposen-verao-rtw16-ny-14-654x980_Fotor_Collage

zacposen-verao-rtw16-ny-13-654x980_Fotor_Collage

Zac Posen Fashion Show Ready to Wear Collection Spring Summer 2016 in New York

Beleza

A beleza deste desfile era muito natural, concentrando assim, as atenções apenas às roupas. A maquiagem era a mais limpa e simples possível. A bochecha era suavemente rosada, só pra dar aquele ar de saúde. Algumas modelos usaram um batom vermelho e outras nude. Os cabelos também ganharam 2 versões: solto ou preso com um coque baixo.

beleza

E encerrando o desfile, Zac agradeceu os convidados com uma breve aparição.

Zac+Posen+Runway+Spring+2016+New+York+Fashion+SHYuLmn4GVwl

Zac+Posen+Runway+Spring+2016+New+York+Fashion+qdWcsDeQSSal

 

2109, 2015

NYFW – primavera/verão 2016

By |September 21st, 2015|Moda|0 Comments

E terminou mais uma temporada de desfiles do New York Fashion Week. Nesta edição de primavera/verão 2016, muitas marcas apresentaram recortes e linhas inspirados nos anos 90. Parece que os anos 70 que inspiraram as coleções do ano passado ficaram pra trás. A pegada agora é bem leve, com peças de alcinha, com renda, tecidos menos encorpados, com alfaiataria reta e solta do corpo. As cores predominantes na maioria dos desfiles foram o branco e o preto.

Veja o resumo dos principais desfiles:

Givenchy

Muitas peças remetem aos anos 90, com aplicação de rendas, blusas e vestidos de alcinha que mais lembram camisolas. Bem insinuante! As peças em alfaiataria são soltas do corpo e muitas delas com tecidos no clássico risca de giz.

Givenchy - NYFW 2016 p.v.

Alexandrer Wang

O estilista Alexander Wang também se inspirou nos anos 90 para criar sua coleção primavera/verão. Suas peças são soltas e têm uma cara vintage que também parecem camisola e pijama. Vimos também muitas franjas e influência militar no seu desfile.

Alexander Wang - NYFW 2016 p.v.1
  Lacoste

A Lacoste apresentou um desfile super geométrico com recortes e misturas de cores que lembram as bandeiras de muitos países. Isso porque o tema do desfile foi inspirado nos jogos olímpicos que acontecerão no Rio de Janeiro em 2016. Bem apropriado! Muitos elementos esportivos e até mesmo militares podem ser percebidos nas peças da Lacoste.

Lacoste - NYFW 2016 p.v.

Diana von Furstenberg

A coleção da Diana para o próximo verão é muito solar e floral. Ainda observamos alguns elementos inspirados nos anos 70 em sua coleção. O branco é uma cor também muito presente neste desfile.

DvF - NYFW 2016 p.v.

Carmen Steffens

A marca brasileira Carmen Steffens fez bonito em Nova York. Apresentou uma coleção  com muitos brancos e pretos, vestidos com recortes bem marcantes com tiras e correntes. A nossa exuberante Adriana Lima abriu lindamente o desfile usando um vestido preto cheio de recortes. Bapho!

Carmen Steffans- NYFW 2016 p.v.

Zac Posen

O desfile do Zac Posen foi lindo! Aconteceu na Grand Central Station e eu tive a felicidade de acompanhar de perto. Tudo foi perfeito! O cenário, o local, o desfile, as peças. Tecidos super leves e primaveris marcaram esse desfile. Uma delicadeza só! O estilista levou toda a feminilidade às passarelas com vestidos em versões midi e longos.

Zac Posen - NYFW 2016 p.v.

Proenza Schouler

Cuba é o tema da coleção de Proenza Schouler. Muitos babados, poás, laços, ombros de fora e uma forte influência espanhola marcaram esse desfile. Mais feminino e quente impossível! Mais uma vez vimos muito preto e branco mas com uma pitada de vermelho.

Proenza Schouler - NYFW 2016 p.v.

DKNY

Aqui na DKNY o preto e branco predominam. Os tecidos em risca de giz aparecem bastante neste desfile em peças como blazer, saia e vestido. O blazer, por exemplo tem uma modelagem bem solta e faz a linha mais masculina. O estilista usou muitas sobreposições e alfaiataria com cortes, pregueados e dobraduras assimétricas com aplicações de botões. Os tecidos mais leves e transparentes também vêm forte nesta coleção.

DKNY - NYFW 2016 p.v.

Ralph Lauren

O clima navy é o tema do desfile de Ralph Lauren. Muito branco e azul. As listras, recortes assimétricos, babados, estampas ópticas, fendas e muito mais marcaram esta coleção!

Ralph Lauren - NYFW 2016 p.v.

Como vimos, a onda em Nova York é o branco. E como a moda vai e volta, o estilo dos anos 90 parece que vem com tudo!

Depois conto pra vocês o que rolou na temporada primavera/verão de Londres. ;)

104, 2015

Hidratação da pele: Manteiga corporal

By |April 1st, 2015|Beleza|0 Comments

Pele ressecada é sempre um problema em qualquer época do ano e afeta homens e mulheres.

Durante o inverno, a pele sofre uma forte influência do clima mais frio. E quem tem por hábito tomar banhos longos com a água muito quente está ainda mais sujeito a ter a pele ressecada. Para quem mora fora do Brasil, ainda tem outro fator que agrava  este problema, como os aquecedores nas casas, nas lojas e restaurantes ligados a uma temperatura muito alta.

Já durante o verão, a exposição ao sol, água do mar ou da piscina, e até mesmo a poluição favorecem o ressecamento e descamação da pele. E como durante esta época do ano estamos com a pele mais a mostra, não queremos ficar com aquele aspecto de pele esbranqueçada, não é mesmo?

Tomar bastante água e hidratar bem a pele podem ajudar bastante a melhorar o aspecto indesejável de ressecamento.

As manteigas corporais ou body butter, como também são conhecidas, são excelentes para quem já tem tendência a ter a pele muito ressecada ou para quem prefere uma hidratação mais profunda. Por ser mais concentrada, a manteiga corporal segura a umidade da pele, hidrata e deixa um aspecto uniforme e saudável.

Listei alguns produtos bastante eficazes que combatem o ressecamento da pele e são ótimos aliados em qualquer época do ano.

body butter

1- Nivea Creme – Nivea

(O clássico creme Nivea da latinha azul é super concentrado e barato. É também o queridinho de famosas como Luiza e Yasmin Brunet que usam sempre durante o verão).

2- Body Butter – The Body shop

(A manteiga da marca The Body Shop pode ser encontrada em diferentes frangrâncias que são uma delícia! Eu amo o de manga. Meu favorito!)

3- Mei Dao – Rituals

(Combina o aroma suave da flor de Lotus com Yi Yi Ren, componentes nutritivos usados na medicina tradicional chinesa.)

4- Body Butter – Burt’s Bees

(Como todos os produtos da marca, a manteiga também tem um cheirinho de mel. Super suave!)

5- Deep Comfort Body Butter – Clinique

(O Creme é super gostoso e tem um toque suave. Não deixa aquela sensação de pele grudando.)

6- Super supreme body butter – Sephora

(Tem a consistência bem espessa. Rende bastante!)

Para manter um aspecto saudável e hidratado, sugiro fazer uma esfoliação 1 vez por semana, concentrando bem nas partes que mais ressecam como, joelhos, cotovelos e calcanhar. Em seguida, aplique a manteiga hidratante por todo o corpo ainda úmido para que o produto deslize melhor sobre a pele.

Lembre-se: Hidratar a pele é importante, mas beber até 2l de água por dia é fundamental para a saúde! ;)

Bezu!

3003, 2015

Estilo boho chic

By |March 30th, 2015|Moda|0 Comments

Já que a moda dos anos 70 voltou com tudo e o festival Lollapolooza ta ai bombando no Brasil, só se fala no estilo boho ou boho chic.

Muitas batas, franjas e coletes lindos lacrando por ai!

Mas se você não é adepta do estilo largadão, com cara de “sujo” e desleixado mas quer aderir a moda setentinha, mas com uma pegada romântica e feminina e com bastante estilo, têm várias opções no mercado para você usar com diferentes modelos pra você se inspirar.

Quer aderir a moda também? Se liga!

Vestido longo

Os vestidões são a cara dos anos 70. Para montar um look boho chic com vestido longo, prefira os estampados ou com cores vibrantes, com tecidos super leves, que têm mais fluidez e movimento. E para ficar mais feminino, invista num saltão.

etro_spring_098

You-wore-your-boho-style-chiffon-dress-sandals-beach-only

hm-spring-fashion-2015-daria-110

paris_hilton_in_a_boho_maxi_dr

Vestido curto

Se você prefere vestidos mais curtos, combine com uma bota de cano curta a médio.

alessanda-ambrosio-boho-chic-style-at-coachella-2011

main.original.0x1000c boho-street-style-outfit

Branco

Vestidos, batinhas e coletes brancos são leves e românticos. Procure peças com detalhes em renda ou bordados. Eles com cereteza deixam a roupa mais feminina!

White-Boho-Maxi-Dress

7483eec6d0f50ae0ea4336f0db3e3881

oui-spring-2015-dreamy-fashion01Sobreposição com coletes e casacos retos

Os coletes são sempre uma ótima opção para compor o visual mais boho. Mas num período de meia estação ou até mesmo no inverno, o casaco pode arrematar o look com bastante estilo.

winter-boho

alessandra-ambrosio-best-outfits-style-stylechi-brown-sheepskin-gilet-top-skinny-jeans-trainer-wedges

franjes_c

Franjas

Impossível falar de estilo boho sem falar das franjas. Elas estão em todos os lugares: Nas roupas, calçados e bolsas. Se jogue no movimento das franjas!

fringe-skirt-boho-look

img_2210_site

IMG_1012

Acessórios

Invista sempre em acessórios para compor o seu look boho. Chapéis, faixas e lenços no cabelo, chalés franjados, puseiras, colares, óculos redondinho e espelhados, etc. A força desse visual boho chic também está nos acessórios.

boho4-621x10241

Boho-Dresses

Boho_Dress_10

Prontas pra arrasar no look boho chic?

Bezu!

2903, 2015

Divisórias

By |March 29th, 2015|Decoração|4 Comments

Dividir ambientes pode ser uma ótima solução para organizar melhor os espaços da casa ou escritório.

Veja algumas sugestões para você se inspirar:

Cortinas

Dividir ambientes com cortinas é a maneira mais prática e fácil para modificar um determinado cantinho da sua casa ou escritório. Quer privacidade e restringir o espaço? É só fechar a cortina! Quer mais luminosidade e amplitude? É só abrir tudo! Demais, não é mesmo?!

roomdivider-paneelgordijnen

image

image

image

Estantes vazadas

Armários abertos e estantes vazados são ótimos para dividir ambientes. A idéia é criar um segundo ambiente, mas integrando todo este espaço. Por ser vazado, você não perde completamente a visão total deste cômodo que foi dividido. Neste caso, invista em livros e vasos para compor a decoração dessas estantes.

roomdivider-vakkenkast

Tamara_1314714055_IKEA_gebruik_een_kast_als_scheidingswand

Schermafbeelding-2013-11-12-om-1.22.58-PM

Guarda-roupa e armários

Pode parecer estranho mas até mesmo o próprio guarda-roupa e grandes armários podem servir de divisória. No quarto, por exemplo, ele pode ser usado para dividir o dormitório e um escritório, ou dormitório e o closet, ou ainda, se você morar em um studio, os armários poderão ser usados para dividir o quarto da sala, e assim por diante.

scheidingswand-kast-woonkamer

slaapkamer-kasten

roomdivider-kast

roomdivider-van-kasten

Parede falsa

As paredes falsas podem ser instalações de madeira ou vidro que dividem o ambiente mas com muito charme. Essas paredes também podem ser funcionais, sendo utilizadas como mural com vários quadros, os desenhos coloridos dos filhos, podem ter suportes e prateleiras para guardar livros, discos e cd’s, fotos, etc.

studio-20m-inrichten-hout-2

roomdivider-wand

kast-als-scheidingswand-bijvoorbeeld-naar-bijkeuken.1359229141-van-papenburgh

Raam-als-scheidingswand-Mooi.1404400516-van-SiendeWit

Divisórias pivolantes

As divisórias pivolantes são super práticas e deixam a decoração mais moderna e dinâmica. São, em sua maioria, instalações que possibilitam o movimento giratório de ‘abre e fecha’, tornando possível a integração ou separação dos ambientes.

foto-620-03_2395306416858020244

atelierdejias1

no-projeto-de-paola-ribeiro-para-o-loft-a-sala-de-jantar-esta-integrada-a-cozinha-ao-fundo-paineis-pivotantes-separam-o-hall-do-resto-da-casa-uma-coluna-toda-forrada-de-plantas-1415368163573_1920x1280

Portas

Que tal usar portas como divisórias? Grandes portas feitas com trabalho de marcenaria, com vidro temperado ou espelhadas, trazem imponência e sofisticação à decoração. Com instalação de rolamento, as portas podem abrir e fechar total ou parcialmente, podendo deixar parte do outro ambiente visível ou simplesmente, se for conveniente, fechado.

365

amarelç

consuelo-jorge---cozinha-americana-1357693848879_951x632

abito-2

251120131625970314

no-flat-praiano-desenhado-pela-arquiteta-danielle-magero-a-porta-de-vidro-temperado-na-cor-azul-vibrante-integra-a-cozinha-a-sala-quando-aberta-e-proporciona-privacidade-aos-1395343182350_1920x1264

Design moderno

Divisórias modernas deixam a decoração mais divertida e atraente. Olha esses exemplos:

clip_image004

biombo entre espaços arquitrecos via design rulz 02

8jir8cvltm4x2n5l75h2j72so

bureau-in-de-woonkamer

Integrar ou separar os ambientes podem ser muito práticos especialmente se vamos receber visitas. Assim você tem a liberdade de limitar os espaços que poderão ter circulação pelos seus convidados. Para isso, nada melhor que uma divisória que tenha essa função e ainda embelezar a casa ou o escritório. Escolha a sua!!!

Bezu! :*

 

1010, 2014

PFW – primavera/verão 2015

By |October 10th, 2014|Moda, Uncategorized|0 Comments

Gente, eu ainda não tinha tido a chance de postar o que rolou na semana de moda de Paris. Dá uma olhadinha aqui nesses desfiles!

Elie Saab

Elie Saab

A coleção da Elie Saab foi inspirada na Costa Amalfitana, resgatando toda a beleza, leveza e dos tons de azul, bem como também, a vibração das cores solares. Vimos muitas rendas, bordados e a fluidez de tecidos bem levinhos que são a cara do verão. Outra presença marcante neste desfile foi o degradê, tanto nos vestidos quanto nos acessórios.

Detalhes

Calçados

Os calçados e as bolsas apresentados neste desfile tinham cortes e formas curvilineas, variando entre o clássico preto e branco ou com cores vibrantes que poderiam ser lisas ou em degradê.

Elie Saab detalhes 2

Bolsas

Elie Saab detalhes 1

Cintos

A cintura é marcada com um cinto bem fino. As bolinhas são destaque no cinto. Outra opção apresentada para as mais clássicas e discretas foi a versão metalizada que combina com qualquer look. O interessante aqui é combinar o cinto, a bolsa e a sandália com as cores da roupa para compor um visual monocromático!

Elie Saab detalhes 3

Acessórios

Anéis e braceletes são destaque! O lema aqui é aparecer. Tudo é muito grande e chamativo. Mas é a combinação perfeita para os looks glamurosos apresentados por Elie Saab.

Elie Saab detalhes 4

 

Chanel

Chanel

O desfile da Chanel foi marcado por protesto. Isso mesmo! As modelos entraram na passarela com cartazes e megafones encerrando o desfile com uma bela manifestação. A ideia aqui é tornar a coleção real, com a cara das ruas. Vimos uma mistura de vários estilos mas que representam a mulher real, a mulher romântica, a que trabalha, que vai ao supermercado, que tem uma vida social, que vai pra um jantar, que vai pra balada, que está pronta pra um happy hour, que estuda, etc.

300914-chanel-pverao15-17-400x600

Aqui os estilos se misturam. Vimos as clássicas risca-de-giz, a camisa branca e o xadrez. Vimos também um corte mais largo, babados, transparências, formas geométricas, estampas vibrantes, terninhos, e até a bermuda, que andava meio esquecida, veio com tudo neste desfile.

Detalhes

Calçados

Assim como as roupas, os calçados e as bolsas apresentados pela Chanel tinham caras e formas muito independentes, como se não precisassem combinar com nada. Vimos calçados muito originais e diferentes neste desfile. Modelos que pareciam uma nova versão mais moderna das sapatilhas espadrille, outras que lembravam o oxford, outros que foram inspirados no calçado Luis XV, botas que mais pareciam um meião 3/4, e outras que pareciam galocha.

Chanel detalhes 2

Bolsas

As bolsas, como não poderiam deixar de ser, são sempre muito esperadas em qualquer desfile da Chanel. Vimos uma enorme variedade de modelos: o clássico corte quadradinho com a alça de correntinhas esteve presente, mas em versões com pespontos, com cores bem vibrantes e com um estilo desgastado e com remendos. Vimos também pastas com alça de mão, maletas, clutches, bolsa com tecido rendado, bolsa carteiro e militar, bolsas bem pequenas com alça de corrente em diferentes modelos, sendo algumas com frases feministas de protesto como por exemplo: Make fashion not war ou Ladies First.

Chanel detalhes 1

Acessórios

O bracelete grosso está em alta. A Chanel apresentou modelos super diferentes que combinam com todos os estilos. As pérolas, que são um eterno clássico usado pela marca, também estiveram presentes em diferentes acessórios. Os cintos apareceram em 2 versões: mais grosso com couro dourado, e uma versão mais fina com o nome Chanel bem visível na frente. Já os óculos, seguem o modelo aviador mas com formas mais curvilineas.

Chanel detalhes 3

Chanel detalhes 4

 

Chloé

Chloe

Como já vimos nos desfiles da semana de moda de Milão, muitas marcas se inspiraram nos anos 70. Em Paris, não foi muito diferente. Marcas tais como, Valentino, Carven e a Chloé, também buscaram inspiração na década marcada pela disco e pelo movimento hippie.

Neste desfile, o boho é a palavra chave para determinar o estilo da coleção. Muito branco, rendas, camurça, longos, batas, crepe georgette, e até mesmo o jeans marcaram presença.

Detalhes

Calçados

Aqui os calçados são de camurça, com salto anabela, com amarrações bem marcantes desenhando a perna em estilo gladiador. Este modelo aparece em versões longas e curtas, podendo ser na cor natural, rosinha, verde água, preto, bege ou caramelo. Vimos também neste desfile uma sandália rasteirinha com tiras bem fininhas. Super verão!

Chloe detalhes 2

Bolsas

Chloe detalhes 1

 

Givenchy

Givenchy

A Givenchy trouxe às passarelas uma coleção super forte, com um mix de influência germânica e romana. Coletes, casacos e vestidos são aqui trançados com amarrações que modelam toda a estrutura da roupa. O recorte das peças é marcado pelos ilhoses com cordões que deixam uma cara mais rústica. O uso do couro e da renda, os decotes profundos e as transparências trazem mais feminilidade e sensualidade ao desfile.

Detalhes:

Calçados

As botas cuissarde são destaque neste desfile. Todas na versão open, com ou sem trançado no peito do pé, nas cores preto e marrom. O curioso é ver o salto dessas botas. Eles têm uma estrutura anabela com um mini salto cromado super fino. Parece que a pessoa pisou num prego pelo meio do caminho! :D

Givenchy detalhes 1

Acessórios

Precisava mostrar esses maxi colares usados no desfile da Givenchy. Na verdade eles parecem uma coleira de couro cheia de pedrarias. Um luxo!

Givenchy detalhes 2

E esse foi o meu resumo da Semana de Moda de Paris. Fiquem atentos aos brancos, mas os coloridos, como sempre, também vão estar em alta na primavera e verão de 2015. Não poderia deixar de destacar as fortes influências dos anos 70. Podem se jogar nas batas e vestidões. Curtiram?

Bezu!